segunda-feira, novembro 30, 2009

Pequeno discurso sobre a raiva

As coisas só podem ser vistas com clareza quando estamos com raiva. Se os fatos provam o contrário, o problema é deles. Toda frieza do mundo deve ser tirada de filetes de raiva.
Funciona como canudo.
Pegue a raiva do peito e sugue com a boca. Depois mastigue cuidadosamente. Se quiser fazê-lo enquanto fuma, é bom que incendeia.
Para engolir a raiva é necessário tomar cuidado. Raiva empedrada no estômago causa graves problemas de indigestão.
Então não engula. Rumine. Masque a raiva feito chicletes. Jamais faça bolas. Não é necessário explodir. Apenas sinta o gosto da raiva e com ela na boca, faça alguma coisa.
Tome todas as piores decisões.
É importante ser fiel ao próprio peito, apenas.
Depois é só cospir a raiva fora.