sexta-feira, novembro 20, 2009

Como proceder no dia mais quente do ano

É preciso bom senso para passar o dia mais quente do ano. Não adianta filtro solar, nem sombra. O sol pede um short curto e folgado, um tomara-que-caia e presilhas no cabelo. É preciso charme, também, para manter a beleza depois do suor.
Óculos escuros são assessórios importantes. Se forem grandes, melhor.
Bom também beber bastante líquido. Água, cerveja, caipirinha, coca-cola. Do vinho, manter-se distante se não quiser calor demais.
Sobre outros calores, o dia mais quente do ano não é o ideal para se apaixonar. Flertes de olhares e cabeças em ombros podem ser incômodos e mais grudentos do que o necessário. Então que a paixão seja logo consumada, sem muita frescura (nada que pareça fresco sobrevive ao dia mais quente do ano). Aconselha-se tomar sorvete com paixonites, casos ou amigos. Cerveja também. E milk shake de vódka parece ser muito agradável.
E se a cabeça fritar, é preciso respirar e tomar ainda mais água.
Manter o sangue frio é tarefa impossível. Há previsão de conflitos e vozes altas para o dia mais quente do ano.
Então, não se deve tomar café.
Marcela costumava usar cubos de gelo para curar todas as feridas do dia mais quente do ano.
De resto, é bom praia.