segunda-feira, janeiro 26, 2009

Só de sacanagem (ou Pra você se achar sem se procurar muito)

Alguma coisa ficou grudada nos meus cantos. Na raiz dos cabelos e dos pelos (agora sem acento) e na boca e nos dedos.
Ficaram restos, pedaços, gostos.
Eu não quero sentir cheiro de nada. Nem gosto. Textura muito menos. Eu não quero pelos e não quero dedos pelos meus cabelos.
Eu não quero vento, eu não quero acento. Nem risadas sem horários e manchas vermelhas de barba no pescoço. Não quero pescoço roxo, nem marcas rasas de mãos, nem falhas.
Ficaram pedaços.
Ficaram pedaços.
Fiquei aos pedaços.
Desencontrada, descabelada e longe.
Fiquei faltando


Nem tudo é sobre você – é preciso manter a pose, o porte e principalmente a distância.

8 comentários:

Thiara Pagani disse...

Desencontrada, descabelada e longe.
Fiquei faltando.

Curti!

darsh. disse...

manter a distância às vezes é bom.

darsh. disse...

distancia tb não tem acento?

acho que preciso aprender essa bosta logo, merda.

Aline Dias disse...

distância tem acento sim. Darshany, vaquinha sem coração do meu coração, vc me assustou!

Robson Araújo disse...

gosto da forma que escreves principalente o que esconde nas entre linhas gostei do seu blog sem falar no nome salve....Buarque

Raphael Perov disse...

Acabei de ficar aos pedaços depois dessa. mas tudo passa, tudo passará.

Beijo

Aline, tem um prêmio pra vc no meu blog. ^^

thiago toscani disse...

Ei! Passa lá no meu blog que tem selo procê lá!

Abraço!

Thiago Toscani
www.ttoscani.blogspot.com

somebody disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.