segunda-feira, janeiro 07, 2013

Before Sunrise


Se fosse uma comédia romântica, você não atendia o telefone, mas a gente se cruzava na esquina e se beijava e você não ia embora. E se você fosse, a lembrança seria forte e bonita até o segundo volume, num outro país, outro continente, diálogos engraçados e alguns tombos.
Estaríamos sóbrios, também, e os olhos da gente seriam muito mais bonitos. E você seria o amante perfeito inatingível, e eu, complicadíssima e completamente machucada de outros amores.
Mas a gente se curaria junto inteiro e seria, por alguns momentos, felizes como se infinito houvesse. 

Um comentário:

Fabio Reis disse...

Gostei desse, até porque adoro os filmes. E até acredito nessas coisas.